Esse é o desejo de quase todos (ou todos) os empresários que criam sites para suas empresas. Aparecer na primeira página do Google tem o poder de levar muitos clientes em potencial até a porta do seu negócio. É incrível se dar conta de como o Google faz parte do nosso dia a dia. Para qualquer dúvida ou indicação sobre produtos ou serviços, grande parte recorre a essa ferramenta que, sem dúvida nenhuma, tem um enorme poder de converter clientes para as empresas.

Mas ele é apenas uma ferramenta que tenta buscar as informações mais relevantes para seus usuários. Na outra ponta, é preciso que a empresa faça a parte dela e possa oferecer um site de qualidade e que a ajude a resolver os problemas dos usuários, entregando informações relevantes, de maneira simples e rápida.

Vamos a pergunta que não quer calar. Afinal, como aparecer na primeira página do Google? A primeira coisa que se pode deduzir é que não é um processo simples e rápido. Caso contrário, você já teria feito e não estaria querendo saber como fazer, não é mesmo? Isso porque para um site estar bem ranqueado é necessário uma série de fatores técnicos e que estão em constante transformação.

Neste artigo vamos apresentar alguns dos pontos principais que devem ser considerados para se ter um site eficiente e com grande potencial de aparecer na primeira página do Google

primeira página do Google

» Indexação do site

Em primeiro lugar, é preciso entender, basicamente, como o Google funciona. O Google nada mais é do que um buscador, que possui uma ferramenta poderosíssima que consegue vasculhar todos os sites indexados em décimos de segundo. Repare que ele vasculha todos os sites indexados e não todos os sites da internet.

Mas o significa isso? Significa que o Google recolhe da internet os conteúdos dos sites e armazena tudo no seu servidor (isso é indexação). Então, quando você realiza uma pesquisa na internet, na verdade, você não está pesquisando na internet, mas sim no banco de dados do buscador.

Dessa maneira, o primeiro passo para seu site aparecer no Google é que ele esteja indexado ao Google. E isso pode acontecer de maneira automática ou manual. O Google tem um mecanismo chamado “batedores” que está o tempo todo “garimpando” a internet atrás de novos sites e conteúdos para indexar. Assim, quando ele localiza seu site, ele faz a indexação automática.

Caso a indexação automática demore mais que alguns dias, é possível fazer o processo manualmente através do Webmaster Tool. Esse é um procedimento recomendado pelo próprio Google.

 

» Técnicas de otimização – SEO

A Otimização para Motores de Busca – em uma tradução literal para o português – é um conjunto de métricas que faz com que o site seja encontrado com mais facilidade pelas pessoas que estão atrás daquele conteúdo. O número de sites e conteúdos na internet não para de crescer. Por isso, é fundamental ter um site otimizado para que o Google consiga interpretar as informações que existem nele e recomendá-las nas pesquisas. Para ficar mais claro, vamos apresentar algumas das técnicas de otimização.

» Bons conteúdos

Ter conteúdos que despertem o interesse do público, utilizando textos que tenha uma boa construção e que, principalmente, empregue palavras-chave é fundamental para que o seu site possa estar na primeira página do Google. No final das contas, é conteúdo de qualidade que as pessoas buscam na internet. Por isso, quanto melhor for seu conteúdo, mais o Google irá recomendar e mais as pessoas irão acessar.

» Links externos

Outra métrica que faz com que seu site seja bem avaliado pelo Google são os links externos (que estão em outros sites) que direcionam o público para o endereço do seu site. Olha só como o Google pensa: se outros sites estão indicando o seu é porque a sua entrega de conteúdos deve estar ajudando os usuários em suas pesquisas. Mas não adianta ter uma porção de links externos se eles não estiverem presentes em páginas bem ranqueados pelo Google. Ou seja, se um grande portal de notícias cria um link para o seu endereço, isso tem muito mais relevância do que o blog desconhecido de um amigo.

» Otimização interna (códigos)

Tão importante quanto a otimização dos textos é a otimização dos códigos. Isso quer dizer que os endereços de URL precisam ser padronizados e conter as palavras-chave. Além disso, é preciso preencher o campo H1 com as keywords para que o Google possa entender com mais facilidade sobre o que você está falando.

» Considerações finais

Neste artigo procuramos passar as informações básicas para que você tenha um panorama geral sobre como colocar seu site na primeira página do Google. É claro, existem muitas outras coisas que devem ser consideradas, mas essas são as principais.

Caso você tenha dúvidas, é só entrar em contato conosco.